terça-feira, 5 de julho de 2011

Auto Avalição

Carlos Alberto
Nota : 8
Acho que poderia ter contribuído mais com o projeto, apesar de ter me colocado a disposição do grupo para o que fosse necessário, admito que estive um pouco ausente na parte final do projeto, devido a muitos compromissos com outras matérias, mais mesmo assim acho que poderia ter ajudado mais, tendo em vista que outros membros do grupo contribuíram mais do que eu na reta final do projeto


Daniel Durães Caminhas
Nota: 10
Creio que o trabalho em equipe exige que as pessoas tenham, sobretudo, muita disposição. O engenheiro, como profissional que se dedica a solução de problemas, deve saber resolve-los independentemente de qualquer adversidade.
Considero que pro-atividade também é algo primordial para o bom desenvolvimento do trabalho em grupo. Um profissional eficiente e bem sucedido é aquele que propõem soluções para evitar quem uma falha ocorra, e não aquele que espera o problema se evidenciar para que alguém lhe diga o que fazer a fim de soluciona-lo.
Disposição e pro-atividade foram os dois principais fatores que garantiram o sucesso do trabalho, que por vezes foi descrito como impossível. E foram duas características que procurei manter em todas as etapas do projeto, embora considero que todos sejamos passiveis de falha. 


Hanna Faasen Igleses
Nota:10
Creio ter feito todo o possível e necessário para ajudar na elaboração e execução do projeto, e fazendo assim que o projeto, parafraseando o Daniel, que muitas vezes foi dito e até considerado impossível, conseguisse estar pronto dentro do prazo. Afinal, o impossível torna-se possível com o tempo e/ou a dedicação necessários.


Rafael Ferreira Azeredo
Nota : 8
Apesar de tentar ajudar ao máximo andamento do trabalho, na medida  do possível, gostaria de ter participado mais, como por exemplo na montagem da parte elétrica do sistema . Por esse motivo minha nota é 8.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Finalmente tudo pronto!
Depois de quase quatro meses de trabalho árduo, conseguimos, no ultimo final de semana, concluir todas as etapas do projeto. Com apresentação preparada, objeto funcionando e relatório concluído, esta será a ultima postagem neste blog.
Agradecemos a todos os nossos leitores que semanalmente dedicavam alguns minutinhos para interagir conosco.
A todos um grande abraço da equipe CDHR.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Preocupação Cresce

Devido ao demasiado número de atividades que tivemos que desempenhar durante a semana, não concluímos, como previsto, a versão beta do software que irá controlar o hardware. Também por isso houve atraso nas postagens do blog.
Com este grande imprevisto, cresce a incerteza quanto a conclusão do trabalho dentro do prazo estabelecido. Apesar disso, continuaremos à procura de soluções viáveis para os problemas apurados durante o teste alpha.
Começamos a "correr atrás do tempo perdido".

terça-feira, 7 de junho de 2011

Now...in English!


Recentemente notamos que nosso blog veem recebendo grande números de visitas fora do Brasil. Em virtude disso decidimos lançar a versão em Inglês do nosso diário de bordo eletrônico, visando democratizar o acesso as nossas novidades. 

A partir de hoje todas as postagens serão eletronicamente traduzidas para o Inglês. A escolha por esse idioma se deu por dois motivos: o primeiro deles é que como é de conhecimento de todos, o inglês é uma língua universal. Além disso, 10% do nosso total de visitas foram feitas de território norte americano, o que corresponde a quase 80% dos acessos fora do Brasil. 

É valido lembrar que como a tradução será feita eletronicamente (e não necessariamente revisada) não podemos garantir total coerência com as normas linguísticas Inglesas, mas a tradução terá qualidade suficiente para que seja de fácil interpretação por qualquer pessoa que domine o idioma. 

Para acessar a versão em Inglês, selecione o menu "English Version" na parte superior da página.

Continuando....

Infelizmente esta semana não trazemos novidades absolutas em relação ao nosso projeto (como já havíamos previsto que ocorreria quando o software começasse a ser desenvolvido), temos apenas duas noticias: uma boa e uma má.  
Supondo que você seja uma pessoa otimista e prefira as noticias boas, começaremos por elas!
Na semana passada ficou pronta a versão alpha do programa. Para os menos ligados ao mundo da programação, explico: A versão alpha do software é aquela na qual o produto ainda está em fase de construção e testes, mas só os programadores envolvidos têm acesso, e não o publico em geral. Porém, esse sistema pode ser testado em um ambiente controlado nas instalações do desenvolvedor, caracterizando o processo denominado teste alpha. Este teste já foi realizado e dele “deriva” a má noticia. O programa ainda apresenta erros críticos, que deve, obrigatoriamente, serem corrigidos para que o programa se torne funcional.
Se tudo ocorrer como planejado, ate o dia 16 deste mes, serão apresentadas as instruções da versão beta do programa. Na fase beta o próprio desenvolvedor admite que o programa ainda não está pronto e pode ter problemas, porém já está em um nível decente para a utilização, mesmo que sem nenhuma garantia. Pretendemos ainda realizar os testes beta nessa mesma semana. Se tudo correr bem, logo em seguida a versão 1.0 do programa será lançada e ainda nos restará uma semana para a conclusão do relatório final e os ultimos ajustes do produto.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Vitória!!!

Como prometido esta semana temos boas surpresas para os nossos assíduos leitores. 

Após a elaboração do circuito para interface computador-hardware, com ajuda de Daniel Alves, fizemos um levantamento dos componentes necessários para sua montagem. Concluída essa etapa, fomos às compras! 

Acreditando que nossos produtos seriam facilmente encontrados nas dezenas de lojas de eletrônica no centro da cidade, partimos em direção a elas. O que imaginávamos ser uma rápida busca por preços baixos era na verdade uma missão quase impossível. Um dos equipamentos necessários, apesar de muito utilizado, parecia ter sumido do planeta naquela segunda-feira. Após intermináveis quatro horas andando nas proximidades do mercado central, com sol a pino e com direito a uma quase morte por atropelamento de ônibus, conseguimos, depois de procurar em mais de quinze lojas, encontrar o produto desejado. Vitória!!! 

Com todos os componentes em mãos, fomos para a fase de montagem. Reunião as 5:00 da manhã e por volta de 12:30 da quarta-feira, 25 de maio, circuito pronto! 

Embora tudo parecesse mais fácil agora, como já havia nos alertado o Engenheiro Aeroespacial norte-americano Edward Murphy, “Se alguma coisa pode dar errado, com certeza dará"! Chega a hora de testar a montagem. Por razoes cujas quais não sabemos precisar, o circuito construído não funcionou como deveria: o solenoide (fechadura) não obedecia aos comandos do computador. Foi feita a revisão do circuito, nenhum erro depurado. Fenômenos elétricos fisicamente inexplicáveis (pelo menos para estudantes do primeiro período de Engenharia Mecânica).   

Restaram a nós duas opções: sentar e chorar ou desenhar outro circuito. Após analisar cuidadosamente cada uma delas concluímos que a primeira não nos levaria a lugar algum. Decidimos então partir para um novo projeto de interface utilizando os mesmos materiais do protótipo anterior, apesar de isso, à primeira vista, ser tão produtivo quanto sentar e chorar, pois nesse momento nossas esperanças tendiam à zero. 

Dois dias depois, n! circuitos montados e testados, e finalmente chegamos a montagem perfeita! 
Incrivelmente parecido com o circuito projetado e que não deu certo, dessa vez tudo funcionou perfeitamente bem (também não sabemos explicar porque dessa vez deu certo e da outra não). Estamos demasiadamente felizes com a conquista. Vitória (2)!!! 

Com mas essa etapa de relevância extrema para o projeto concluída, iremos agora investir um pouco mais de tempo e esforços na construção do software, que ate agora vem sendo feita a passos de tartaruga.
A partir de agora, é provável que nossas postagens aqui no blog tomem nova forma: ao invés de nomes de componentes eletrônicos e fotos de circuito, vocês passarão a ver mais sobre classes e funções Java e prints de linhas de código! 

=D
Montagem da interface
Quarto se transforma em laboratório de eletrônica para a montagem do circuito.
video
Teste do circuito já pronto


segunda-feira, 23 de maio de 2011

Evoluçao

Esta semana o grupo CDHR deu o que consideramos o mais importante passo no desenvolvimento do SEPATE. 

Como havia sido relatado em postagens anteriores, o maior desafio do grupo consistia em encontrar um meio de realizar a interface entre o controlador do Hardware (computador) e o próprio hardware. Com a benevolência de Daniel Alves, aluno do 10º período do curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), conseguimos chegar a uma solução tecnicamente simples e economicamente viável.
Assim como havíamos “desenhado” o software ao construirmos o fluxograma, desenhamos o circuito que deve ser montado, visando tornar claros os procedimentos a serem adotados e os materiais a serem adquiridos. 

 Por hora, estamos de posse:
- De um protoboard (que facilitará muito a montagem do circuito);
- De alguns resistores;
- De um cabo de conexão com a porta paralela (que foi cordialmente cedido por Bruno Lobato, aluno do curso técnico de edificações e responsável pelo suporte técnico do DECOM do CEFET-MG).

Além dos dois nomes já citados neste post, recebemos também o apoio de Maurício Ferrari, professor de eletroeletrônica e de André Paim Lemos, doutor em aprendizagem de máquina e inteligência computacional, professor de programação de computadores do CEFET-MG. Estes se despuseram auxiliar na montagem do circuito e do software respectivamente. 

Por tudo isso, manifestamos publicamente, através deste blog, o contentamento do grupo com o apoio que estamos recebendo e agradecemos com veemência as colaborações feitas pelas pessoas citadas acima.


Na realidade, podemos afirmar que esta foi realmente uma semana de vitórias para o grupo, pois grandes avanços além do relatado foram alcançados. Porem os demais permanecerão em segredo ate a próxima semana. Se você está gostando de acompanhar o nosso projeto, fique atento ao nosso próximo post. Grandes surpresas estão por vim!!!

Imagem meramente ilustrativaClick para ampliar